LOJA ALPHAVILLE - CONTAIN[IT] / SUPERLIMÃO STUDIO



Hoje temos um exemplar nacional!


Nascido da parceria de um diferenciado escritório de arquitetura, o Super Limão, juntamente com uma empresa que se denomina "uma fábrica de arquitetura modular e mobiliário urbano", a Contain[it], o modelo de loja da incorporadora Alphaville não poderia ser diferente. De forma inovadora e buscando quebrar os paradigmas do uso de estruturas temporárias, a loja necessitaria ter um apelo forte visualmente somado a uma estrutura expressivamente reutilizáveis.

No âmbito das incorporadoras que atuam com loteamentos, e até mesmo com edifícios habitacionais ou comerciais, ocorrem situações onde stands de vendas são construídos e demolidos pouco tempo depois. Isto quando não se constrói outros em locais mais próximos da área da execução. Nestes casos, existem significativos desperdícios, tanto econômico quanto ambiental no processo, além da dificuldade operacional de se operacionalizar diversos stands de forma descentralizada em todo território nacional.

Com isso, para tornar a edificação o mais eficiente possível quanto ao aproveitamento dos recursos disponíveis, o projeto constitui-se em três módulos executados em Containers Marítimos do modelo 20' DRY, que atendem as funções necessárias ao stand de vendas: área de atendimento a clientes, escritório e copa, e banheiro e caixa d'água. Sendo assim, futuramente estes módulos podem ser utilizados em separado ou até acoplados a novos módulos para criação de ambientes conforme a necessidade.


O projeto inteiro foi executado dentro da fábrica da Contain[it], e todas as peças e mobiliários são transportados no interior dos próprios contêineres, que desta forma também possui o papel logístico. Finalmente, o uso de materiais como madeira de reaproveitamento dão à edificação um caráter fixo onde o container se apresenta de maneira não exacerbada. O módulo posicionado verticalmente comporta em sua parte superior uma caixa d’água que alimenta com pressão adequada tanto o banheiro quanto a copa.O resultado do trabalho é a materialização de uma nova abordagem que resulta em um balanço positivo tanto de custos quanto para o meio ambiente. Pois o processo construtivo e de instalação é seco, gerando poucos resíduos, além de possuir velocidade de construção e instalação em um curto espaço de tempo.