JULICE BOULANGÈRE PINHEIROS - STUDIO ARQBR

Vocês acharam que o Brasil não ia aparecer por aqui hoje né?



A padaria Julice Boulangère é mais uma a trazer Containers como peça chave da construção. No bairro de Pinheiros, São Paulo, a loja, que já utilizava um recipiente para seu estoque de congelados e refrigerados, ao chamar o Studio ARQBR, resolveu usar em toda a reforma de ampliação.



Com 13 Containers reutilizados, que anteriormente seriam descartados, a nova padaria cria um vão central ao cruzar os recipientes uns sobre os outros. Os arquitetos Tadeu Melegatti e Eduardo da Mata dizem que mesmo o comércio sendo de origem francesa, a decoração e a estrutura em si deveria ser algo mais contemporâneo, pensando que se um Container podia ser usado para estoque momentaneamente, estruturas semelhantes poderiam suprir a necessidade de expansão da padaria de uma forma moderna e sustentável, reduzindo os custos e o tempo da construção (e eles acertaram em cheio!).


O Studio ARQBR contou ainda com mais outro time para estruturas e instalações para desenvolver as técnicas de construção em Container, ainda mais porque o solo não estava preparado para receber o peso da estrutura sendo preciso então colocar duas estacas de concreto, de 45 toneladas cada, para suportar o empilhamento.



Para criar uma volumetria diferenciada, as estruturas seriam ‘cruzadas’ mas para isso era preciso reforços estruturais para sustentá-los. O detalhe é que eles ficaram escondidos no isolamento térmico das vedações perimetrais, e assim, estabeleceram uma leitura visual limpa do prédio, segundo Melegatti.

Como já vimos em outros posts, as temperaturas dos recipientes são m u i t o quentes (quando não tratadas da forma correta) e os arquitetos optaram por não esconder as chapas metálicas, então revestiram o espaço de dentro com lã de vidro e contenção de gesso. Levando em consideração que a parte de cima é mais fina que as laterais, optaram por isolar apenas os Containers que recebiam insolação direta para manter a estrutura visual.


'"Para proteger o teto da insolação direta, foi aplicado isopor de alta densidade e lastro em pedrisco (cobertura ajardinada) e isopor com uma camada fina de concreto magro (coberturas técnicas)". Foto: Pedro Napolitano Prata” site: Galeria da Arquitetura.


A única exigência dos clientes para os arquitetos foi que a loja se mantivesse aberta mesmo durante a reforma. Fácil resolução, quando se utiliza nosso método construtivo preferido!